Count
  • 1.1 Atividades Exercidas

    1. Cia Internacional de Capitalização (Intercap)
    2. Departamento de Fazenda de Minas Gerais
    3. Secretaria de Finanças do Estado de Minas Gerais
    4. Comercial e Importadora "Leges" Ltda
    5. Banco Nacional de Minas Gerais S. A.
    6. Banco Sotto Mayor S. A.
    7. Banco Comercial de Minas Gerais S. A.
    8. Banco Nacional de São Paulo S. A.
    9. Banco Nacional do Espírito Santo S. A.
    10. Banco de Brasília S.A
    11. Banco do Triângulo Mineiro S. A.
    12. Nacional - Cia. de Seguros
    13. Nacional - Cia. de Capitalização
    14. Banco Nacional de Investimentos S.A.
    15. Sinal S.A. - Sociedade Nacional de Crédito, Financiamentos e Investimentos
    16. Editora Jomap S. A.
    17. Centro Eletrônico Walmap S.A.
    18. Nacional S.A. - Distribuidora de Títulos
    19. S.A. Intercâmbio Nacional "Sinal"
    20. Superintendência da Moeda e do Crédito
    21. Empreendimentos e Participações J L S.A.
    22. Empreendimentos e Participações 2 J S.A.
    23. Arcos de Minas S.A. - Empreendimentos e Participações
    24. Empreendimentos e Participações M L S.A.
    25. Panair do Brasil
    26. Companhia Brasileira de Roupas Ducal
    27. Decred - Financiamento Crédito de  Investimentos S.A.
    28. Decasa Utilidades S. A. Comércio e Indústria
    29. Denison - Cia. Brasileira de Eletrônicos
    30. Companhia Brasileira de Supermercados
    31. Dexter - Companhia de Comércio Exterior
    32. S.A. Fábrica Colombo
    33. Atlântica - Cia. Nacional de Seguros
    34. Transatlântica - Cia. Nacional de Seguros
    35. Ultramar - Cia. Brasileira de Seguros
    36. Oceânica - Cia. Brasileira de Seguros
    37. Banco do Estado da Guanabara S.A.
    38. Companhia Progresso da Guanabara – COPEG
    39. Fundação "Octavio Mangabeira"
    40. Novo Rio, Crédito, Financiamento e Investimento
    41. Novo Brasil - Crédito, Financiamento e Investimentos S. A.
    42. Editora Nova Fronteira S.A.
    43. Grupo Atlântica - Boavista de Seguros
    44. Light - Serviços de Eletricidade S.A.
    45. Banco Brasileiro de Descontos S.A.
    46. Provence Ervas Finas Ltda
    47. Banco do Estado do Rio de Janeiro S. A.
    48. BANERJ - Banco de Investimentos S. A.
    49. BANERJ - Crédito, Financiamento e Investimentos S. A.
    50. BANERJ - Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários S.A.
    51. BANERJ - Serviços Administrativos e  Técnicos S. A.
    52. BANERJ Seguros S. A.
    53. BANERJ - Crédito Imobiliário S.A.
    54. Conselho de Programação Financeira - CONFERJ  (Decreto "E" nº 2.544/79)
    55. Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro

    De Vendedor a Coordenador de Vendas - 1944 a 1947

    Agente de Fiscalização - 10.04.45 a 30.06.55

    Auxiliar de Gabinete de Sr. Secretário - 23.12.46 a abril/47

    Sócio - 19.11.48 a 04.10.51

    De Funcionário a Vice-Presidente - 1948 a 27.03.72

    Presidente - 28.12.59 a 27.03.72

    Presidente - 28.12.59 a 27.03.72

    Vice-Presidente e Presidente - 08.09.60 a 27.03.72

    Vice-Presidente - 15.01.64 a 27.03.72

    Vice-Presidente - 30.04.68 a 27.03.72

    Vice-Presidente - 30.04.68 a 27.03.72

    Presidente - 30.01.69 a 27.03.72

    Diretor-Presidente - 12.08.70 a 27.03.72

    Vice-Presidente - 30.04.68 a 27.03.72

    Vice-Presidente - 30.04.68 a 27.03.72

    Presidente - 19.04.71 a 27.03.72

    Membro do Conselho de Administração - 01.06.71 a 27.03.72

    Vice-Presidente - 08.06.67 a 27.03.72

    Vice-Presidente - 14.06.63 a 27.03.72

    Secretário Particular do Diretor Executivo - 25.10.55 a 06.03.56

    Diretor-Presidente - 17.02.59 a 30.03.74

    Diretor-Presidente - 1960

    Diretor-Presidente - 22.03.66 a 23.10.67

    Diretor-Presidente - 23.12.68 a 28.06.71

    Membro do Conselho de Administração - 30.04.62 a 09.02.65

    Diretor-Conselheiro - 12.09.63 a 26.04.66

    Diretor-Conselheiro - 25.02.64 a 26.04.66

    Diretor-Consultivo e Diretor-Conselheiro - 05.08.63 a 22.03.65

    Diretor-Consultivo - 08.01.64 a 26.04.66

    Diretor-Conselheiro - 1964 a 1965

    Diretor-Consultivo - 1964 a 1966

    Diretor-Conselheiro - 20.06.64 a 26.04.66

    Vice-Presidente - 20.06.66 a 31.10.67

    Vice-Presidente  - 20.06.66 a 31.10.67

    Diretor - 20.06.66 a 31.10.67

    Diretor - 20.06.66 a 31.10.67

    Membro do Conselho de Administração - 27.04.64 a 31.12.65

    Membro do Conselho de Desenvolvimento - 04.12.61 a 27.04.64

    Membro do Conselho Curador - 1961 a 20.10.63

    Vice-presidente - 04.11.65 a 31.13.67

    Diretor - 1965 a 1967

    Diretor-Consultivo - 18.11.65 a 02.01.68

    Consultor e Membro do Conselho de  Administração - 05/72 a 03/79

    Presidente - 22.04.74 a 28.10.74

    Consultor e Diretor do Conselho de Administração e Controle - 10/75 a 03/79

    Sócio Fundador - 20.03.78 a 27.12.84

    Diretor-Presidente e Presidente do Conselho de Administração - 15.03.79 a 03.06.80

    Diretor-Presidente e Presidente do Conselho de Administração - 15.03.79 a 03.06.80

    Diretor-Presidente - 15.03.79 a 03.06.80

    Diretor-Presidente - 15.03.79 a 03.06.80

    Diretor-Presidente - 15.03.79 a 03.06.80

    Diretor-Presidente - 15.03.79 a 03.06.80

    Diretor-Presidente - 15.03.79 a 03.06.80

    Presidente - 30.04.79 a 03.06.80

    Conselheiro - 04.06.80 a abril/99

  • 1.2 Identificação Pessoal

    Nome: JOSÉ LUIZ DE MAGALHÃES LINS

    Nacionalidade: Brasileira

    Data de Nascimento: 12 de abril de 1929

    Local de Nascimento: Arcos, Minas Gerais

    Filiação: Edmundo Lins Junior e Alice de Magalhães Lins (falecidos)

    Estado Civil: Casado com Maria do Carmo Nabuco de Magalhães Lins, com quem teve cinco filhos: Ana Cecília, Maria Cristiana, José Antonio, João Paulo e José Luiz Filho (este já falecido).

  • 1.3 Identificação Profissional

    No ano de 1944 iniciou suas atividades profissionais como vendedor autônomo de títulos de capitalização da Cia. Internacional de Capitalização (Intercap), onde chegou até Inspetor de Vendas e Coordenador de Vendas.

     

    De 10.04.45 a 30.06.55 trabalhou no Departamento de Fazenda da Secretaria das Finanças do Estado de Minas Gerais, no Rio de Janeiro. Nessa repartição pública, onde foi admitido como extra numerário, prestou serviços como Agente de Fiscalização nas Estações de Carga de Alfredo Maia (da Estrada de Ferro Central do Brasil), Praia Formosa (Leopoldina Railway), Marítima (Central do Brasil) e no Posto de Fiscalização (a antiga "barreira"), na velha Estrada Rio-Petrópolis.

     

    Em 23.12.46 foi convocado para servir como Auxiliar de Gabinete do Secretário das Finanças, função que exerceu durante alguns meses em Belo Horizonte.

     

    Prestou serviço militar no Exército durante o ano de 1948. Deu baixa do serviço militar em 1949, como Cabo-Artilheiro, título conquistado por concurso.

     

    Havendo iniciado, em 1948, as suas atividades no Banco Nacional de Minas Gerais S. A. como praticante de Escriturário, exerceu nessa instituição, sucessivamente, os cargos de Datilógrafo, Correntista, Auxiliar de Contabilidade, Auxiliar de Gerência, Chefe do Departamento de Pessoal e Gerente Regional.

     

    De 19.10.55 a 15.03.56 foi Secretário Particular do Diretor executivo da SUMOC - Superintendência da Moeda e do Crédito (hoje presidência do Banco Central do Brasil).

     

    Em 01.04.59 foi eleito Diretor-Adjunto do Banco Nacional e, em 01.05.60, Diretor Executivo.

     

    Em 03.03.70 foi eleito Vice-Presidente do mesmo Banco, cargo que ocupou até 27.03.72, quando apresentou sua renúncia a este e a todos os demais cargos de Diretoria que exercia em empresas do Grupo Nacional (extinto em 1995).

     

    Incorporou-se, em seguida, ao Grupo Segurador Atlântica-Boavista, inicialmente na qualidade de Consultor e, a contar de maio de 1972, por eleição, como membro do Conselho de Administração. Desligou-se do Grupo em 15 de março de 1979.

     

    Em 22.04.74 foi eleito Presidente da Light - Serviços de Eletricidade S. A. , cargo ao qual renunciou em 28.10.74.

     

    Em outubro de 1975 passou a exercer, a convite, o cargo de Consultor do Bradesco - Banco Brasileiro de Descontos S.A. função que exerceu até setembro de 1977, quando foi eleito Diretor do Conselho de Administração e Controle do referido Banco. Desligou-se dessa instituição também em 15 de março de 1979.

     

    Ocupou, ainda, outros cargos na iniciativa privada, conforme relação anexa, como também participou de diversos empreendimentos empresariais.

     

    No dia 15 de março de 1979 foi eleito Diretor-Presidente do Banco do Estado do Rio de Janeiro S. A. e demais componentes do Sistema Financeiro BANERJ.

     

    Pelo Decreto (estadual) nº 2544, de 30.04.1979, na qualidade de Presidente do BANERJ, passou a presidir o Conselho de Programação Financeira do Estado do Rio de Janeiro - CONFERJ.

     

    Em 3 de junho de 1980 renunciou aos cargos que vinha exercendo no Sistema Financeiro BANERJ e no CONFERJ, em virtude de sua nomeação para o Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, por decreto do Governador do Estado, de 13 de maio de 1980.

     

    No dia 4 de junho de 1980 tomou posse no cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, função que exerceu até se aposentar, em abril de 1999, ao atingir o limite de idade para permanência no serviço público.

     

     

     

José Luiz de Magalhães Lins

pesquisa

1. Curriculum

Copyright © 2004 - 2019    José Luiz de Magalhães Lins - Todos os direitos reservados.

Última atualização em 26 de Agosto de 2019